segunda-feira, 14 de abril de 2008

Afinal: o que é essa tal de "aquariofilia"???

Certamente tudo começou bem antes da invenção do vidro; pois existem livros na China que tratam do assunto ainda no século 16. O próposito incial estava muito relacionado com a estocagem de alimento(leia-se proteína animal)durante as cheias dos rios, para garantir comida saudável nas épocas mais secas. Foi através da observação do colorido de algumas espécies que surgiram as motivações para transformá-los em sinônimo de beleza, admiração e estudos mais acurados sobre suas necessidades em ambiente artificial com direito a água limpa, comida e até uma namorada (olha que coisa bem transada!!!).

Depois de muito tempo e muitas frustrações e fracassos a coisa foi evoluindo até o início do séc. 19, qdo graças aos europeus e suas intermináveis navegações ao redor do globo (outrora bem azul) terrestre, surgiram muitas espécies de peixes desconhecidas e todo resultado foi transformado na inauguração de um aquário público em Londres (não me perguntem a data…viu…sou péssimo de memória), certamente o primeiro do gênero no mundo. O que era um luxo da nobreza, com o decorrer dos anos (ou séculos) passou a fazer parte do cotidiano progressivamente, e em dado instante caiu nas graças do povão (e da torcida do flamengo), e aqui no Brasil imperial o primeiro e mais ilustre aquariofilista atendia pelo singelo nome de D. Pedro I (o nome completo não cabe na internet).

Esta rápida introdução foi para demonstrar o quanto são diferentes o ontem e o hoje, E desde então tudo evoluiu de forma rápida e o que era a definição para aquariofilia nos anos 40 não serve para os dias atuais - assim como daqui a 50 anos tudo mudará. Certamente.

Arrisco uma definição que extrapola os limites de uma sala ou de qualquer recinto passível de receber um aquário como foco de atenção. Digo que a aquariofilia é e será um instrumento de incomparável valor na educação ambiental pela agregação de situações possíveis de serem observadas e estudadas. Quantas vezes durante uma aula (chata) de ciências o professor tentava explicar o que é fotossíntese? Um chiclete mastigado pela Dercy Gonçalves para quem nunca se perguntou como era possível VER aquilo? Pois então….plin!!! É possível VER fotossíntese em aquários, isso mesmo meu amigo! E tem muito mais, viu!

Muito tem-se falado sobre a questão do acesso a água pela população. Muito se falou sobre a camada de ozônio. A bola da vez é o tal aquecimento global, passando pelo assunto biodiversidade. Aos mais antenados fica evidente que estamos com 8.492 passos à frente em todas as questões, pois em nossos micro-cosmos aquático não é admitido contaminação de espécie alguma, e controle ambiental é um assunto que dominamos MUITO BEM. Assim como nutrição e reprodução de organismos aquáticos. Olha que chique!!!!

Finalizando: Aquariofilia é um grande barato! Que não é o marido da barata...rs. Ok!



Um comentário:

Don Saulo disse...

Muito bom...Bom texto, quer escrever no meu blog tb?
Mas vc me pegou, não sei mesmo qual o maior filtro ou maior aquecedor e o meu assistente (google) não me diz tb...